Aroeira excelente contra a gastrite e úlcera estomacal

Aroeira excelente contra a gastrite e úlcera estomacal

Muito comum no bioma da caatinga, a aroeira-do-sertão, também conhecida como aroeira verdadeira, é famosa por sua propriedade cicatrizante e por sua fácil disseminação.

Na medicina popular o uso das folhas e raízes de aroeira é indicado no combate de dores de garganta e para o auxilio no tratamento de úlceras e gastrite.

Nome popular: Aroeira, aroeira do sertão
Nome científico: Myracrodruom urundeuvaF. Allemão
Família: Anacardiaceae
Partes usadas: Cascas e entrecascas

Descrição: Planta alta, típica da caatinga do Nordeste brasileiro. Possui folhas alternas, compostas, com 5 a 7 pares de folíolos, imparipenadas. Flores em panículas avermelhadas. Frutos drupáceos, pequenos, globosos e ovais.

Cultivo:Plantada a partir de sementes. É semeada em sacos plásticos para se obter mudas. Posteriormente, é plantada em local definitivo. 

Pode ser multiplicada através de partes dos ramos.

Indicações: Atua como adstringente, antialérgica, anti-inflamatória e cicatrizante. Por via oral, pode atenuar e até curar gastrite e úlceras do estômago e do duodeno. 

Por via local, é indicada no tratamento de ferimentos infeccionados da pele e de mucosas, como gengivites, faringites e amigdalites, e infecções do aparelho genital feminino. É útil no caso de cervicite (ferida no colo do útero) e de hemorróidas inflamadas.

Preparação e usos: Prepare um litro de cozimento, usando 100g da entrecasca seca em pequenos pedaços extraídos de duas vezes. 

Para cada extração, utilize ½ litro de álcool diluído, na proporção de uma (1) a cinco (5) partes. Pode ser bebida ou aplicada no local. 

Para gastrite e úlcera gástrica, o uso é oral. Beba ½ xícara (café) do cozimento, misturando com água e açúcar, de uma a três vezes ao dia. 

Para cervicite e cérvico-vaginites, o uso é local e diário. Antes de dormir, aplique de 5 a 10 ml do cozimento em compressas intravaginais (o absorvente interno feminino, pode servir a esse propósito).

Nas inflamações das gengivas, da garganta e de hemorróidas, o uso também é local. 

Nas inflamações das gengivas e da garganta, o cozimento é diluído em uma a duas partes de água e utilizado em forma de gargarejos e bochechos. 

Para hemorróidas, faça compressas ou lavagens antes de deitar para dormir ou depois de defecar, higienizando (lavando) o local. Basta prender as nádegas por alguns minutos, para reter o líquido colocado no reto. 
Aroeira excelente contra a gastrite e úlcera estomacal Aroeira excelente contra a gastrite e úlcera estomacal Reviewed by Redação on agosto 27, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.